Como fazer uma caminhada meditativa

Muitas pessoas querem começar a meditar para se sentirem mais centradas e tranquilas, mas alegam não ter tempo para a prática diária. Isso acontece justamente porque pessoas que se conscientizam da necessidade de meditar já estão atucanadas na sua vida diária. De fato, depois de começar a prática, você verá que “criou” mais tempo na sua rotina apenas com a diminuição de tralhas mentais inúteis. Aqui vamos falar de atividades que podem ser realizadas com atenção plena em espírito de meditação. É uma boa para quem quer incorporar o mindfulness no seu dia a dia de forma objetiva.

Caminhada Mindfulness

Faça uma caminhada, ao menos uma vez na semana, em torno de 15 minutos. Durante a caminhada, preste atenção na sua respiração. Não é necessário controlá-la: deixe que ela flua naturalmente. Preste atenção nas sensações do seu corpo, de frio ou calor, o vento na pele. Perceba se consegue sentir o chão abaixo de seus pés ao caminhar. Perceba as sensações da respiração e em todo o seu corpo enquanto caminha. Olhe em volta com curiosidade: veja os prédios, as cores, as árvores. Ouça os sons. Tente contemplar tudo sem críticas ou comentários, apenas perceba. Cada vez que a mente divagar, volte a sua atenção para onde você queria que ela estivesse, sem se criticar ou achar que cometeu “um erro”. Não há nada de errado, a mente apenas está fazendo aquilo que ela faz.

Se você é praticante de corrida, pode adaptar a prática ao exercício. A corrida é excelente, pois libera endorfina e ajuda a regular o ritmo cardíaco no decorrer da prática, além de ser um exercício excelente para sair do sedentarismo. Corra com atenção na sua respiração e em seu corpo. Permaneça focado, o máximo possível no aqui e agora. Nas vezes que a mente divagar, não se culpe, apenas volte a atenção para onde ela estava antes. A prática não consiste em quanto tempo você fica sem divagar, mas sim na qualidade da sua retomada de atenção, sem críticas ou julgamentos

Siga o ritmo da sua respiração

Assim como a bateria dá o ritmo de uma música, deixe a respiração ditar o ritmo das suas atividades diárias. Uma respiração longa, diafragmática, te ajuda a se ancorar no momento presente e ter mais atenção. No início pode parecer que você diminui sua velocidade, com uma sensação estar perdendo tempo. Entretanto, aos poucos você perceberá que a velocidade não muda e que a qualidade do que você está fazendo aumenta, juntamente com a diminuição do estresse e da ansiedade. Gosto da frase da Dra. Elana Rosenbaum, quando indagada se estava “curada” na sua luta contra o câncer, que respondeu: “Estou viva. Estou bem. Continuo me desafiando a estar plenamente aqui e agora. E você?”

Playlists

O Spotify tem uma Playlist de Mindfulness que gosto muito, boa para realizar atividades com atenção. Além desta existem muitas outras, procure uma caso sinta que a música pode ser um instrumento para te deixar mais focado.

Pessoal, espero que tenham gostado da dica. Se quiserem mais práticas, postarei mais.

Um grande abraço a todos!

5 respostas a “Como fazer uma caminhada meditativa”

  1. Sempre corro ouvindo música e naturalmente faço algumas reflexões das coisas da vida. Contudo, as vezes tenho a impressão de q a reflexão fica “poluída” por conta dos fones… Vou fazer uma experiência sem eles e depois te digo o resultado.
    Valeu!

    1. Valeu Ben! Refletir é muito bom! Mas as vezes estamos com algum problema ou preocupação na cabeça, e achamos que quanto mais refletimos sobre ele, melhor. Mas é o contrário, quando esvaziamos a cabeça, conseguimos ver as coisas mais claras. Temos mais intuição. Por isso correr prestando atençao nos movimentos e na respiração é uma boa para esvaziar a mente e dar um tempo de descanso pra cabeça! Valeu pelo comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *